NYC High Line

Sem muito texto porque tô na correria. Se eu for ficar escrevendo demais, acabo não postando :) Outro dia fui no High Line, uma atracão turística que tem em NYC; é um lugar onde passava uma linha de trem no meio de Manhattan, que foi desativada e virou um grande jardim urbano a 5 metros de altura, que passa levemente acima por parte da cidade. Eu tava com a 70-200mm e aproveitei a luz do final de tarde para fazer essas fotos, com tamanha riqueza de detalhes, e pela lente que eu tava no momento, não consegui fazer registros de grande angular pra mostrar pra vocês o quão maneiro é o lugar, mas se liga só... Essa é a ferrovia, que foi desativada e deu espaço para um jardim daqueles...

Primeira Visita em Virgínia

Outro dia eu fui dar um treinamento em Virgínia, no Headquarters da empresa, deu pra levar a família e ir em alguns pontos turísticos; em um dia dei um passeio pela Whitehouse e depois no Lincoln Memorial, no outro o meu amigo Nate me pegou no hotel e fomos fazer um programa em família: museu de aviação e depois jantar. Eu fiz poucas fotos do dia que fomos na Casa Branca porque a bateria da câmera acabou, eu já falei que sou campeão em levar a câmera sem cartão de memória ou com pouca bateria? Isso me deixa furioso e puto comigo mesmo. Headquarters Todas as fotos desse post foram tiradas com a Canon EOS M com a 22mm f/2 que veio com a câmera, tratadas no Lightroom. Foram 3 dias de treinamento e 5 dias de viagem, então tive 2 dias para fazer uma das atividades que eu mais...

Visita em Paris

Outro dia eu fui dar um treinamento na França, óbvio que levei a câmera e a bike. Toda minha bagagem para passar uma semana, incluindo roupas, laptop, bicicleta e equipamento fotográfico esteve contido nessas duas malas, é meu kit viagem. Uma descoberta agradável que eu tive recentemente foi o fato da Adobe fazer Lightroom pra iOS, isso me foi muito útil porque teve um dia que eu levei a câmera sem cartão de memória (sou campeão em fazer isso) e acabei clicando tudo com o iPhone, o resultado da edição foi surpreendente. O photostream abaixo está misturado entre câmera fotográfica profissional e iPhone 6 Plus, ambos editados no Lightroom, com a diferença que as fotos do celular foram editadas no iOS ao invés do computador. Nessa viagem eu contei com a companhia de uma super amiga, a Maira, que me ajudou bastante nas horas que eu não estava trabalhando dando...

Méis de NYC

NY é surreal. Outro dia fui no mercado comprar mel, tinham MUITOS, MUITOS tipos de mel para escolher, fiquei perdido, fiz uma foto de cada um e saí sem nenhum mel na mão, pois eu tenho problema pra escolher quando tenho uma orferta boçal dessa. Olha isso!!! Sério, tinham mais de 30 tipos. Eu fiz um painel e vou imprimir pra colocar na sala da minha casa. Assim fica fácil escolher os orgânicos! ;)

Passeio de Segway na Cidade do México

Nossa, com tanta coisa pra fazer eu as vezes acabo esquecendo dos meus blogs! Esse post era pra ter saído há 5 meses atrás quando eu fui dar um treinamento na Cidade do México, em Fevereiro. Já até consertei o diafragma da 24-70mm f/2.8 aqui nos EUA, o conserto foi cerca de 250 USD, mas considerando que a lente custa tipo 1,890.00 USD até que não foi tão caro. Bom, como dito anteriormente em outro post, há alguns meses atrás eu estive na Cidade do México a trabalho e levei a câmera; não carreguei comigo a 5D Mark II por causa do peso. Me enfiei num tour de Segway, e descobri a delícia que é turistar a bordo de um Segway, é muito interessante porque eu não me canso e consigo exlorar lugares mais longe com o peso da câmera. Certamente é algo que incluirei nas minhas rotinas de viagem...

Caderno Gente Boa, show do Qinho e Rodrigo Lampreia - O Globo

Há um tempo atrás eu era o fotógrafo oficial de uma casa de shows no Rio de Janeiro, localizada no LAGOON, na Lagoa. Sempre tinha gente famosa na platéia e eu nunca sabia quem era, pois não conheço ninguém do meio. Depois eu mandava as fotos para a casa e as vezes pipocava no jornal. Agora futucando alguns documentos aqui no meu armário do caos (toda casa tem um, pode ser uma mesinha de cabeceira), eu encontrei essa matéria d'O Globo, com uma foto minha na capa do Caderno Gente Boa. Procurei nos meus arquivos do Lightroom e encontrei essa e mais algumas outras fotos em alta resolução. É muito legal quando você é fotógrafo e uma pessoa te liga falando que tem foto sua no jornal, é legal ir na banca para comprar e ver sua foto impressa. Publicações pela internet até que também são legais, mas não é...

Apple Watch e sua máquina de Selfies

Eu sempre gostei de Smart Watches, desde que era moleque eu já tinha um CMD40B-1T, que era o terror de qualquer final de Copa do Mundo, também conhecido como relógio que tem controle remoto universal. Quando eu era moleque eu fazia muita merda com esse relógio, desligar televisões no supermercado era de praxe, várias de uma vez só, adorava quando o vendedor estava mostrando a televisão para um comprador e eu ia lá e desligava, e ficava desligando de novo e de novo. Era demais! Acho que se uma criança fizer isso hoje, ela é taxada de politicamente incorreta, rs. De quebra, o brinquedinho ainda tinha calculadora, saca só o CMD40B-1T: Mas enfim, tempos passaram e desde mais ou menos 1996 o Casio ficou em uma gaveta, que graciosamente e numa jogada de mestre a Maysa (minha esposa) retirou as baterias para preservar o estado de conservação. A onda dos...

São Paulo, sua linda!

Inspirado no blog post Ninguém nos Ensinou a Amar São Paulo, escrevo esse texto dedicado a todos os meus amigos paulistas que me receberam muito bem. Primeiro, deixe-me introduzir um breve contexto: eu morei no Rio há 28 anos, com 29 vim para São Paulo porque arrumei um trabalho aqui. Desde que cheguei só vi coisas boas, fui muito bem recepcionado pelos paulistas, que não fizeram piadas sem graças e irônicas com meu sotaque, meu jeito de vestir, e também não ficaram fazendo piadinhas inúteis com bolacha versus biscoito. Encontrei uma galera muito respeitosa, que trabalha porque quer, e não porque tem que trabalhar, que moram em uma cidade muito organizada e que as coisas funcionam. Coincidência ou não, só encontrei coisas pitorescas e bacanas por aqui, que se identificam muito com meu estilo de vida. Nesse universo, eu tirei algumas fotografias cotidianas, que demonstram bem o estilo de vida...

Companheiro na garupa

Eu realmente adoro SP. Estava eu andando de carro ali pelo Itaim Bibi num domingo ensolarado depois do almoço, e me deparo com essa cena. Por sorte, meu telefone estava perto e esse foi um dos casos que a feature de câmera rápida do iPhone entrou em ação. Eu estava com o carro em movimento, dirigindo, e tinha questão de segundos para conseguir ter uma câmera funcionando e pronta para atirar. Em menos de 2 segundos, a Apple me ajudou com seu excelente trabalho, e consegui clicar. Nesses casos, um telefone que consegue pra você uma câmera rápida faz toda a diferença. Esse foi um dos motivos pelo qual um dia me levou a trocar do iPhone4 para Android há anos e anos atrás, e que em 2015 me levou a trocar de Android para o iPhone 6 Plus. Câmera rápida pra mim é uma funcionalidade praticamente vital para conseguir...

Cidade do México, bosque de Chapultepec

Uau! Depois de quase 2 anos sem postar no Blog, eis que apareço. Foram 2 anos que passaram voando, num piscar de olhos, se eu te escrever a quantidade de coisa que aconteceu nesse meio tempo, você não vai acreditar. Eu tive até um filhinho lindo! Semana retrasada eu estive na Cidade do México a trabalho e levei a câmera; não carreguei comigo a 5D Mark II por causa do peso, e sim a EOS-M com um adaptador para as lentes EF e minha guerreira 24-70mm f/2.8 L, que precisa ir ao hospital porque o diafragma está travando; devido a esse problema, eu só consegui fazer fotos no f/2.8, pois uma vez aberto ele não fecha mais. Acho que para fazer o reparo eu precisarei trocar o cabo que tem dentro da lente, preciso fazer isso assim que puder. Descobri esse problema do diafragma na hora de fazer a primeira...

Eclipse solar do Cristo Redentor

Hoje ao olhar pro Cristo levei um susto, haviam dois dele. Imediatamente corri pra pegar a câmera, mas meu fundo estava se mexendo muito rápido, de forma que a natureza não estivesse colaborando muito com meu estúdio divino natural. De que eu poderia reclamar? O que eu queria mais? Estava ali em minha frente um verdadeiro estúdio montado, com luz, fundo infinito e um assunto: o Cristo Redentor. O que aconteceu foi que o Sol estava quase se pondo, de maneira que estivesse beeeem baixinho, e nuvens estavam passando por trás da maravilha do mundo, fazendo uma relação de luz/assunto/sombra que se assemelham muito a um eclipse.

Parabolicamará

É sempre um prazer enorme fazer trabalhos com grandes músicos, porque quando você faz a pós-edição ainda curte um bom som! Essas imagens foram gravadas com: Uma 5D Mark II com uma 50mm f/1.4 no Merlin Steadicam; Uma t3i com uma 24-70mm f/2.8 L e; Uma EOS M com uma 70-200mm f/2.8 L. Usei o CineStyle color profile na 5D Mk II e na EOS M (imagens em PB), tudo syncado com o PluralEyes e depois editado no FCP X. A imagem da eos M me decepcionou um pouco, a da t3i me surpreendeu e a da 5D Mk II dispensa comentários (é a câmera que se mexe, dos 3 planos). Claro que não seria a mesma coisa se não tivesse o áudio da mesa editado pelo próprio Luiz. Vejam em HD (porque o áudio também fica melhor): Parabolicamará/Domingo no parque from Rafael Lopes on Vimeo. Preciso pegar a manha...

Qual é melhor? Canon ou Nikon?

Muitas vezes vemos discussões homéricas sobre qual marca é melhor, se é Canon, Nikon, Sony, Leica, etc. Acho que não preciso dizer que não existe resposta para uma pergunta como essas. Evidentemente que existem câmeras boas e câmeras ruins, mas quem é o responsável por fazer um trabalho bom ou um trabalho ruim é nada mais nada menos do que ele: o fotógrafo. Eu já vi gente muito boa fazer trabalhos maravilhosos com câmeras antigas, que já saíram de linha, o que importa é o olhar fotográfico e a técnica. Evidentemente que para fotografia de performance, como esportes, baixa iluminação, o equipamento pode dar uma força, mas por via de regra é melhor um bom fotógrafo com uma câmera ruim do que um fotógrafo ruim com uma câmera boa.

Vôo na Serra de Petrópolis - Rio de Janeiro

Filmagem aérea na serra de Petrópolis num belo domingo no dia 9/3/2014. Creio que isso seja o melhor que consigo fazer com um quad, pois a instabilidade é um pouco maior, ainda mais que estou usando hélices pequenas pra não forçar os motores; ainda dá pra melhorar um pouco, pois há muita estabilização via software, e o intuito é diminuir isso cada vez mais, de forma que eu perca mais tempo atrás do rádio do que do computador. Frame: DJI FlameWheel F450 Flight Controller: NAZA-M v2 + iosd mini Zenmuse H3-2D Gimbal with GoPro Hero3+black Radio: Futaba t8j Generic FPV system and monitor Battery: 4S 4000mAh 25C/50C Serra de Petrópolis from Rafael Lopes on Vimeo. Aproveito pra criar a nova categoria "Drone"!

Vôo na Barra da Tijuca - Rio de Janeiro

Está no forno um vídeo explicando melhor esse lance de filmagem com drones: minha nova paixão. Com vocês, Windows! Meu super quadricóptero (também chamado de drone) voando a uma altura de aproximadamente 200m, e a uns 500m de distância! Windows Serelepe - first real flight using 80% FPV. from Rafael Lopes on Vimeo.

Não fotografe shows com seu celular

Esse vídeo explica o porquê não se deve puxar seu smartphone no meio de um show, e começar a fazer fotos (ou vídeos).

Gotas, e suas formas

O que mais me deixa impressionado é a quantidade de eventos naturais que acontecem ao nosso redor, e nós simplesmente não percebemos por uma série de motivos. Sempre que se mexe com líquidos elas estão sempre lá, na maioria das vezes nunca damos atenção justamente por se tratar de "seres" tão pequenos. Brincando com o Photoduino e o Solenoid Valve Interface na madrugada de hoje, capturei uns momentos muito interessantes, a maioria de splashes e gotas, algumas até mesmo com formas expressivas, como se quisessem dizer algo. Vou falar um pouco sobre o processo de cada foto, quais os líquidos usei e como fiz para capturar certos detalhes. Em todas as fotos utilizei uma Canon EF 100mm Macro f/2.8 e a 5D Mark II - que devido a falta do crop value, me atrapalha um pouco na hora de conseguir mais zoom na macro: tudo bem, as vantagens do full...

E se de repente...

...você colocasse um disco do Pink Floyd pra tocar, e uma caveira saísse de dentro da água e começasse a andar pra fora dele. Caralho, imagina... ... pois é, foi o que acabou de acontecer aqui agora.

O botão que vai parar as manifestações

Encontra-se nesse exato Estado. Nas caixinhas ao lado encontram-se hospitais, escolas... * Estado escrito com letra maiúscula de propósito... As vezes o povo fica na espera de um milagre, na espera de que algo simplesmente irá aparecer e resolver todos os problemas, e enquanto isso o povo curte carnaval, ano novo, feriados, etc.

...vale mais que mil palavras.

Uma imagem...

...vale mais que mil palavras

No Olho do Furacão

Quando a genialidade encontra o fotojornalismo: Ele botou uma GoPro na sapata do flash, virada pra frente, pegando a câmera e filmando tudo que vê pela frente: o mais interessante desse vídeo é que faz uma analogia com jogos de tiro em primeira pessoa, onde no lugar de um fuzil tem uma câmera - a direção fotográfica é igual. Ns vídeos em que aparece ele com a máscara, ele colocou a GoPro virada pra ele, presa na lente, não sei como ele fez, talvez com o colar de tripé virado para cima: vou perguntar. O Michel é, sempre foi, e sempre será um guerreiro. O cara é muito bom em tudo que faz. Parabéns Michel, pela incrível obra. O Brasil agradece muito. Você registrou momentos em que eu terei orgulho de mostrar para as próximas gerações.

Montagem do Photoduino - DIY

A essa hora da madrugada só tenho stamina suficiente pra postar as fotos da missão de montagem: manhã explico melhor do que se trata. Mas já adianto: esse é o gadget que mudará minha vida. Macros exclusivas da montagem. Firmware rapidamente modificada para mostrar o nome da equipe no display, Valeu OHMS (veja última foto). Não há nada mais nerd que isso, é uma boa hora para iniciar a categoria! Faltaram fotos da Solenóide, mas amanhã teremos vídeos (com direito a Steadicam)!

Nespresso Macchiato

Depois faço um vídeo explicando como se faz, é super simples! Eu também adoro café, comprei uma Nespresso ultimamente e tenho feito algumas brincadeiras bacanas com ela, aprendendo uns bons drinks.

Parrot AR Drone 2.0 review

Review rápido (eu sempre tento ser rápido, mas nunca consigo, tem quase meia hora de vídeo) do Parrot AR Drone 2.0. O brinquedo favorito de qualquer adulto nerd. Trata-se de um quadricóptero com funções de auto-estabilização que é controlado usando a rede WiFi por um app que você instala no seu smartphone/tablet . A operação é muito simples e fácil, como vocês podem ver no vídeo, qualquer criança é apta a controlá-lo. Existem jogos de realidade aumentada para o AR Drone, onde você pode colar papéis na parede, que ele interpreta como se fosse um monstro ou um obstáculo, você pode até mesmo jogar jogos de tiro contra um outro AR Drone, eu não gosto muito desses jogos de realidade aumentada, sempre acho um cocozão. Parrot AR Drone 2.0 review [pt-BR] from Buni Sully on Vimeo. Créditos: Edição e apresentação: Rafael Lopes Filmagem: João Fortes Áudio: Felipe Fortes